Turismo para integrar povos e proteger o ecossistema

June 6, 2017

ONU declarou 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável

O potencial do turismo para a troca de experiências, o contato com o meio ambiente e a conscientização sobre patrimônios naturais e culturais levou a Organização das Nações Unidas (ONU) a definir 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento. A entidade lembra que, atualmente, o setor responde a 10% da atividade econômica mundial e tem papel importante na luta contra a pobreza.
O pesquisador Alberto Viana acompanha o segmento há mais de 10 anos. Ele conta que levantamentos recentes mostram que os turistas estão mais atentos ao seu papel de proteção. “Os viajantes estão mais éticos, mais preocupados em dar um impacto mínimo nas comunidades e no ecossistema”, aponta.
Apesar disso, ele acredita que ainda é necessário uma ampliação da participação social para que os avanços se tornem permanentes e gerem frutos para as comunidades. “O turismo precisa deixar de ser entendido apenas como uma atividade de mercado e passar a ser visto como um fenômeno social. Isso exige que o tema seja debatido com a população. Muitas vezes, a discussão é feita apenas entre governo e empresários. Não se coloca a sociedade civil como participante”, diz.
Reservas. Em Minas Gerais, os parques ambientais cumprem um importante papel não só na proteção do ecossistema, mas também em oferecer a estrutura para visitação. Com isso, as unidades permitem que moradores do entorno passem a desenvolver atividades relacionadas ao turismo.
Rafael Pereira Pinto é analista ambiental e coordenador de visitação do Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, localizado em Itacarambi, na região norte do Estado. Ele conta que o parque está em uma região carente, mas que o turismo mudou a vida e a dinâmica dos moradores da região. “São pousadas e restaurantes que foram abertos ou ampliados, agregando valor e melhorando a vida das pessoas”, relata. Hoje, o local está preparado para receber turistas, com estrutura física, trilhas bem manejadas e orientação para os visitantes, o que é feito por guias.
As obras de infraestrutura do parque foram concluídas em 2014. No ano de abertura foram aproximadamente 600 visitantes. Já em 2016 foram mais de 4.000 e a expectativa é que neste ano 7.000 pessoas conheçam o local.
Atrativo. O parque, como o nome indica, tem como principais atrativos as visitas às cavernas. A mais famosa delas é a Gruta do Janelão, que possui enormes salões e pinturas rupestres de 11 mil anos. Nas caminhadas feitas dentro do parque, os turistas conhecem um pouco da história regional e também sobre a fauna e flora locais.
Dono da pousada e restaurante Portal do Peruaçu, Armando Gonçalves Moreira comemora o crescimento do turismo local. “Aumentando o número de pessoas vindo para cá, com certeza vou precisar de contratar mais gente. Nos fins de semana, já estou contando com a ajuda de mais dois funcionários”, diz.
NaturezaO Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta segunda-feira (5), ganhou o tema “Conectando as pessoas à natureza” e será comemorado mundo afora com mais de mil eventos. Com o slogan “Estou com a Natureza”, a ideia central da ONU é impulsionar os esforços para a conservação do meio ambiente, transformando ações individuais em uma força coletiva que tenha um verdadeiro e duradouro legado de impacto positivo para o planeta.

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Please reload

© 2017 visitecuiaba.com.br. Todos os direitos reservados à ABIH-MT.
Associação Brasileira de Indústria de Hotéis de Mato Grosso - Cuiabá - MT

Fone: (65) 98471-7114

Email: abihmt@gmail.com

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle