Primeiro Festival de Lambadão de Mato Grosso terá quinze grupos de dança e quinze bandas concorrendo

December 21, 2017

O Primeiro Festival de Lambadão de Mato Grosso acontece em 2018 em três cidades do estado. O evento é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura, e tem por objetivo fomentar, difundir, valorizar e preservar esse movimento cultural.
Nas três cidades onde vão acontecer o evento, serão selecionados por um júri técnico e artístico até cinco bandas de música e cinco grupos de dançarinos e dançarinas que se apresentarão em cada etapa do Festival, totalizando 15 grupos em cada modalidade para as três etapas.
O festival será realizado por Organização da Sociedade Civil (OSC), selecionada por meio de chamamento público, e as entidades interessadas em realizá-lo podem se inscrever até o dia 31 de janeiro de 2018.
"O lambadão é um ritmo que nasceu em Mato Grosso e recebeu influência do rasqueado, carimbó e lambada paraense. É também um movimento que inclui festas de santo, casas de shows de mais de uma dezena de municípios e que vem ganhando cada vez mais espaço. Seus agentes criaram um mercado próprio, sustentável, que gera trabalho e renda para milhares de pessoas. O poder público pode colaborar, incentivando o fortalecimento dessa cadeia produtiva. O Festival de Lambadão chega para apoiar e somar com este movimento, fomentando e ampliando sua visibilidade", explica o secretário de Cultura, Leandro Carvalho.
De acordo com a assessoria, o Festival é resultado de um diálogo com a cadeia produtiva do lambadão, que participou do processo com sugestões, críticas e contribuições, tanto presenciais como no encontro Diálogos da Cultura, que aconteceu em abril, quanto na consulta pública, disponibilizada na internet no site Participação Social no mês seguinte.
De acordo com pesquisadores do movimento, as bandas de lambadão buscaram formas não usuais de difundir sua música a partir de uma rede própria de contatos, criando uma estratégia de fortalecimento e divulgação muito particular, capaz de alçá-los a um dos protagonistas da nova indústria fonográfica da música popular – calcada em sistemas não-oficiais de produção e comércio. O lambadão possui uma cadeia produtiva baseada na sustentabilidade, na qual seus promotores lançam mão de diferentes dinâmicas para fazer circular suas músicas.
Em 2010, havia em Mato Grosso mais de cem bandas de lambadão, incluindo uma rede de estúdios e casas especializadas, mesmo sem nenhuma política pública especifica de fomento ou formação. Seus principais nomes e referências, como Chico Gil, conhecido como o "Rei do Lambadão" e um dos principais responsáveis pela sua popularização em Mato Grosso, surgiram à margem dos veículos de comunicação e cultivaram o imaginário 'lambadeiro' de cidades como Cuiabá, Várzea Grande, Poconé e Rosário Oeste.

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Please reload

© 2017 visitecuiaba.com.br. Todos os direitos reservados à ABIH-MT.
Associação Brasileira de Indústria de Hotéis de Mato Grosso - Cuiabá - MT

Fone: (65) 98471-7114

Email: abihmt@gmail.com

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle